Love on the Spectrum, produzido pela Northern Pictures para a ABC, é um reality show australiano transmitido pela Netflix sobre jovens adultos no espectro autista que têm experiência prática em namoro. A série oferece com sucesso a seus participantes todos os tipos de experiências modernas de namoro, e levou o encontro do amor em meio a uma pandemia a um nível mais alto.

Desenvolvimento de Produção

Sob a direção habilidosa e criatividade de Cian O’Clery, o programa estreou na ABC em novembro de 2019 e estava disponível na Netflix a partir de julho de 2020 em uma estrutura de cinco partes. Logo após o sucesso da primeira temporada, a segunda temporada foi confirmada em 2020, que chegou às telas em 21 de setembro de 2021, deixando os fãs do show com a impressão de que o show seria renovado para uma terceira temporada.

O show em sua totalidade foi filmado na Austrália, com cada temporada apresentando um novo grupo de pessoas, nos dando uma visão melhor de sua vida amorosa.



Algumas curiosidades sobre o programa

Fonte: Pop Culture Times

Primeiro, o criador do programa, Cian, ainda está em contato com os participantes da temporada anterior. Michael, seu favorito, está em contato regular com ele, e eles sempre falam sobre outras pessoas do programa.

Em segundo lugar, a falta de representação de pessoas com deficiência em Hollywood fez com que os criadores tivessem a ideia original sobre este programa. Os criadores queriam dar uma imagem precisa das pessoas que estão no espectro e atendê-las com o amor e o respeito que elas merecem.

Terceiro, alguns dos eventos de namoro foram organizados pelos produtores. Embora várias organizações trabalhem para e com pessoas no espectro autista que lidam com suas necessidades do dia a dia, elas ignoraram o aspecto do namoro. Conseqüentemente, a própria unidade de produção se encarregou de encontrar combinações adequadas para os competidores.

Quarto, as pessoas às vezes pensam que esses reality shows de namoro são roteirizados, e nenhuma dessas pessoas acaba ficando juntas. Mas para provar que estão todos errados, temos um exemplo de concorrentes da primeira temporada, Ruth e Thomas; eles encontram o amor e agora estão casados ​​e felizes.

Recepção

Fonte: Mindfood

O show conquistou os corações da crítica e do público, e The Guardian deu ao show quatro de cinco começos dizendo que, no melhor, este show é uma celebração humana e compassiva da diferença e do amor. A CNN Entertainment comentou, exibe empatia para com os jogadores apresentados sem condescendência com eles e rapidamente supera quaisquer barreiras culturais de uma maneira amplamente universal.

The Chicago Tribute foi difícil de criticar certas partes, mas na maior parte do show, eles disseram, ao contrário de Tiger King ou The Bachelor, ou certos programas de realidade política da vida real que perderam contato com o mundo real há muito tempo, Love on the Spectrum é empatia. E sobre algo mais interessante do que o desprezo.

A ideia de o show chegar às telas para uma terceira temporada deixou o público pensando sobre o que o novo elenco trará para o show, e será tão emocionante quanto as duas temporadas anteriores? Para responder a todas essas perguntas, talvez tenhamos que esperar pela renovação de uma temporada.

Escolha Do Editor